palavra viva

“LEVANTAI OS OLHOS E OBSERVAI AS ALTURAS: QUEM CRIOU TUDO ISSO? FOI AQUELE QUE COLOCA EM MARCHA CADA ESTRELA DO SEU INCONTÁVEL EXÉRCITO CELESTIAL, E A TODAS CHAMA PELO NOME” (ISAÍAS 40:26)

DOAÇÕES

DOAÇÕES

DOAÇÕES

Obrigado a todos que mensalmente mostram seu apoio para O BLOG FOLHA DE CUXÁ. Lembre-se de fazer uma doação de qualquer valor R$ para a continuidade do nosso trabalho. Qualquer quantidade de apoio financeiro neste momento será direcionada para cobrir despesas e manutenção. Agradeço antecipadamente...obrigado a todos que mostraram seu apoio para o nosso trabalho!

O SIGNIFICADO DA VIDA

domingo, 19 de novembro de 2017

Renan condenado a perder o mandato e direitos políticos.

Justiça do Distrito Federal condenou o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) a perder o mandato e ainda suspendeu seus direitos políticos por oito anos por improbidade administrativa, motivada por enriquecimento ilícito e recebimento de vantagem patrimonial indevida. Quem deu a sentença foi o juiz Waldemar Carvalho, da 14ª Vara Federal. Renan pode recorrer da decisão sem deixar o cargo.
O processo é relacionado ao caso do pagamento de pensão a um filho que Renan Calheiros teve fora do casamento.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Prefeito Juscelino recebe do governador Flávio Dino uma Patrol “Zero quilômetro”.



A ação faz parte do programa Caminhos da Produção. A máquina vai ajudar a abrir estradas e a torna-las trafegáveis. A máquina Motoniveladora também é conhecida como patrol e tem contribuição decisiva para tirar povoados do isolamento.
O governador Flávio Dino entregou, na última sexta-feira (10), mais 20 motoniveladoras para municípios maranhenses melhorarem as estradas vicinais. Com esse novo lote, já são 58 entregues pelo Governo do Estado, com investimentos de mais de R$ 30 milhões.
No último feriado de 15 de novembro o prefeito Juscelino Oliveira, acompanhado de assessores, se deslocou até o pátio da Secretaria de Infraestrutura e urbanismo, para ver de perto e com mais atenção a máquina “zero quilômetro” que irá beneficiar a população de Açailândia na recuperação de ruas que ainda não receberam asfaltamento, e, principalmente,  a população da Zona Rural que utilizam as estradas vicinais para o escoamento de suas produções, bem como, para o deslocamento dos estudantes da rede pública de ensino.
Na entrega oficial aos prefeitos, o governador Flávio ressaltou que, mesmo num período de término do ano fiscal, o Governo do Estado tem dado prioridade às parcerias com os municípios. “Acreditamos no federalismo cooperativo, em que o Estado ajuda os municípios na medida do possível e em programas que são essenciais, como este, gerando emprego e renda”, observou.
Parceria
O prefeito Juscelino ressaltou que essa doação feita pelo governador do Estado, será primordial para a recuperação do grande número de estradas vicinais do município, haja vista que, o inverno está se aproximando e recuperar essas estradas custa muito caro, pois muitas das vezes, faz-se necessário alugar esse tipo de equipamento. “Com essa máquina novinha poderemos melhorar muito as nossas estradas vicinais, uma cobrança efetiva dos moaradores da Zona Rural”, disse Juscelino.
O secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, disse que as motoniveladoras ajudam a escoar a produção e a dar à população acesso aos serviços públicos. “Serão no total 90 unidades entregues no Maranhão”, informou.

FONTE: BLOG DO WILTON LIMA

TSE e PF assinam acordo para compartilhamento de banco de dados biométricos.


O Tribunal Superior Eleitoral assinou um acordo com a Polícia Federal para o compartilhamento do banco de dados das impressões digitais de cada eleitor e cidadão. Na prática, o TSE poderá utilizar a base de dados da PF no processo de identificar os eleitores por meio da impressão digital, enquanto está poderá utilizar os dados do Tribunal para pesquisa de fragmentos de digitais, no caso de investigações criminais. O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, disse que além de beneficiar o cidadão, a ação promete evitar fraudes: “estamos querendo que esse serviço seja ao cidadão. Uma governança eletrônica que facilite a vida do cidadão, mas que também dificulte a fraude”.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

CIRO E MARINA, UMA BOA CHAPA!

Esperanças e premonições…

Isto se o avião não cair, agora com os dois…

Está chegando a hora da disputa da Semifinais do Campeonato de Futsal Açailandense da Terceira Divisão, compareça! Ajude seu time a ser campeão.

https://youtu.be/fHYl_rauRKo



Esquadrão Águia da Polícia Militar Prende Motociclista Com Papelotes de Maconha e 15 Reais.



“A dupla SUSPEITA foi presa pelo Esquadrão Águia na tarde desta quinta-feira (16), na Avenida do Quartel com dinheiro e Papelotes de Maconha.”
Na tarde desta quinta-feira (16 de novembro), por volta das 17h40, uma equipe do Esquadrão Águia da Polícia Militar do 26º BPM de Açailândia realizavam trabalho de abordagem de rotina. Quando se depararam com DUAS PESSOAS em atitude suspeita, que trafegavam juntos em uma Moto Titan Vermelha nas mediações da Avenida do Quartel/Bairro Residencial Tropical, e ao serem abordados e revistados pelos POLICIAIS. O MOTOCICLISTA foi flagrado na posse de 7 SETE PAPELOTES que continha uma substância análoga a MACONHA. A POLÍCIA também encontrou com um deles a quantia de R$ 15,00 reais em dinheiro.  Diante da situação em flagrante FRANCISCO DA CONCEIÇÃO GOMES e o CARONA de nome não MENCIONADO receberam voz de prisão e imediatamente conduzidos para a permanência da 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Açailândia, onde foram apresentados sem NENHUMA LESÃO CORPORAL.
Materiais Apreendidos: MOTO TITAN 150 VERMELHA // Carteira com documentos pessoais; CNH, Identidade, documentos da moto, cartão de banco. R$ 15,00 quinze reais em dinheiro e 07 saquinhos (papelotes) de uma substância tipo/parecida com MACONHA.
Blog Folha de Cuxá
Com Informações do 26º BPM de Açailândia.


CORPUS CHRISTI: Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão aprova projeto de lei que considera Patrimônio Cultural Imaterial à celebração de Corpus Christi em Imperatriz.


Imperatriz – Recentemente, mais precisamente no dia (07) de novembro/2017, por unanimidade foi aprovado no plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, o projeto de lei nº 305/2017, de autoria do deputado estadual Léo Cunha (PSC).
O projeto do parlamentar imperatrizense, solicita ao governador do Estado, Flávio Dino (PCdoB), que Considere Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Maranhão, à celebração de Corpus Christi que é celebrada anualmente no município de Imperatriz.
A celebração de Corpus Christi realizada na cidade de Imperatriz, no estado maranhense, região sudoeste do estado, hoje é considera à maior do Brasil. A cada ano, o mega evento religioso, reúne do Estádio Frei Epifânio d´Abadia um número bem maior de participantes,  numa festa de fé cristã, solidariedade, crença no Espírito Santo. De acordo com o número da diocese de Imperatriz, realizadora do evento, que tem à frente, o bispo Dom Vilso Basso, cerca de 18 mil fiéis estiveram presentes neste acontecimento religioso em 2017. Quebrando assim, um novo recorde de público.
O novo formato da celebração no município de Imperatriz, cidade localizada na região tocantina, iniciou a partir de 2010, iniciativa do então bispo da diocese de Imperatriz, Dom Gilberto Pastana, que implementou o modelo onde a missa é realizada em formato campal com altar instalado no meio do campo do Estádio Frei Epifânio e os fieis ficam espalhados pelos setores de arquibancadas e na área restante do gramado. Após a celebração no estádio, os participantes seguem em procissão pelas principais ruas da “cidade velha” em Imperatriz, até a Praça de Fátima, onde está localizada, a Catedral de Nossa Senhora de Fátima, sede da diocese de Imperatrizense.
Com o advento do novo Corpus Christi em Imperatriz, a cidade passou a receber visitantes vindos de várias regiões do País, sobretudo de estados vizinhos, como Tocantins e Pará. Gente que chega ao município atraído pela fé, pela beleza e a grandeza da celebração, sempre marcada pela emoção e a devoção. A mega festa católica também entrou nos calendários dos grandes eventos religiosos brasileiros e no ano de 2012, a celebração foi transmitida ao vivo para todo Brasil pela Rede Vida de Televisão.
A cada ano um tema diferente é abordado para o Corpus Christi em Imperatriz. Da mesma forma as pessoas interessadas em participarem do evento adquirem um kit contendo camiseta personalizada, velas, abanadores e panfletos alusivos ao evento. O material é produzido pela diocese de Imperatriz e toda renda é destinada aos projetos sociais da Igreja Católica.
Ressalta-se, que além do valor social e religioso do evento, a celebração de Corpus Christi em Imperatriz, movimenta a economia de toda região tocantina, incentivando o comércio e a geração de renda para a população envolvida direta e indiretamente nas festividades religiosa.
Desta feita, nobres colegas, em face de riqueza histórica, social, cultural e pelo incentivo a economia na região tocantina, nada mais acertado do que esta Casa condecorar a celebração de Corpus Christi em Imperatriz, com o título de “Patrimônio Cultural Imaterial do Maranhão,” de modo a também auxiliar na perpetuação de sua tradição. Para tanto, conto o vosso apoio, completou visivelmente emocionado pelo mega evento religioso realizado em sua cidade, o deputado estadual Léo Cunha (PSC), representante na Assembleia Legislativa do estado do Maranhão, do povo da região sul maranhense.   

ALERTA CLIMÁTICO: Será o último este segundo aviso à humanidade?


Vinte e cinco anos depois da 'Advertência dos cientistas do mundo à humanidade', um novo alerta, dado nesta segunda, tem um quê de ultimato.

Mais de 15 mil cientistas de quase 200 países assinaram o alerta climático.
Foi como o anúncio de mais uma entre tantas refilmagens de sucessos de anos e anos atrás, ou sequência de franquia de ficção científica retomada décadas depois do auge da febre do gênero, para atender ao clima de revival dos anos 80, início dos 90, tão em voga em hoje em dia, talvez como ilusória válvula de escape para esses tempos aziagos, de exacerbação das ameaças à civilização, como o “neo-assanhamento” fascista e o rufar dos tambores nucleares. O problema é que, em matéria mesmo de biosfera, o alerta com cara de ultimato que a humanidade acaba de receber, nesta segunda-feira, 13, com cara de sexta, não é coisa de cinema catástrofe, tornando ainda mais sufocante, e sem escapatória que não seja a ação, o fardo do indicativo presente.
“Advertência dos cientistas do mundo à humanidade: um segundo aviso”. Esse é o título de um artigo publicado nesta segunda na prestigiada revista BioScience por mais de 15 mil signatários de 184 países. O documento, sucinto, mas fundamentado em dados de agências governamentais, organizações sem fins lucrativos e pesquisadores independentes, traz a constatação de que “a humanidade fracassou em fazer progressos suficientes” para reverter nada menos que “a tendência ao colapso da biodiversidade”.
O aviso é o segundo porque a primeira “Advertência dos cientistas do mundo à humanidade” foi feita exatamente 25 anos atrás, quando 1.500 cientistas, incluindo muitos dos laureados com o prêmio Nobel nas ciências, “descreviam como estávamos rapidamente nos aproximando de muitos dos limites do que o planeta pode tolerar sem danos substanciais e irreversíveis”, e “imploravam” por ações que fossem tomadas a tempo. Agora, no “segundo aviso”, um número dez vezes maior de cientistas avalia assim como foi a “resposta humana”:
“Desde 1992, com exceção da estabilização da camada de ozônio estratosférico, a humanidade fracassou em fazer progressos suficientes na resolução geral desses desafios ambientais anunciados, sendo que a maioria deles está piorando de forma alarmante. Especialmente perturbadora é a trajetória atual das mudanças climáticas potencialmente catastróficas, devidas ao aumento dos gases de efeito estufa (GEE) emitidos pela queima de combustíveis fósseis, desmatamento e produção agropecuária – particularmente do gado ruminante para consumo de carne. Além disso, desencadeamos um evento de extinção em massa, o sexto em cerca de 540 milhões de anos, no âmbito do qual muitas formas de vida atuais podem ser aniquiladas ou, ao menos, condenadas à extinção até o final deste século”.
‘Estabilizar a população humana’
Por outro lado, o “segundo alerta” mostra que nem tudo são espinhos: se por um lado está mais curta, hoje do que há 25 anos, a distância para o ponto irreversível, por outro lado há sinais de que a humanidade pode, sim, ser capaz de garantir a existência das futuras gerações. Entre esses sinais, além do rápido declínio da emissão de substâncias que destroem a camada de ozônio, estão, por exemplo, o rápido crescimento do setor de energia renovável, o declínio das taxas de desmatamento em várias regiões do globo e, em outras tantas, a diminuição da taxa de fecundidade.
“Estabilizar a população humana” é um ponto em que os signatários do documento insistem bastante, dizem que é necessário melhorar, e muito, “garantindo que as mulheres e os homens tenham acesso à educação e a serviços de planejamento familiar voluntário, especialmente onde tais serviços ainda não estão disponíveis”.
O artigo enumera ainda vários outros “passos diversos e efetivos que a humanidade pode dar para uma transição em direção à sustentabilidade”, desde “promover transições na dieta na direção, sobretudo, de uma alimentação à base de plantas” até “renaturalizar regiões com espécies nativas, especialmente predadores do ápice da pirâmide alimentar, para restaurar processos e dinâmicas ecológicas”, passando pelo fim dos subsídios à produção de energia através de combustíveis fósseis e voltando a ela, a redução da taxa de fecundidade: “estimar um tamanho de população humana cientificamente defensável e sustentável a longo prazo, reunindo nações e líderes para apoiar esse objetivo vital”.
Os signatários do “segundo aviso”, porém, parecem não esperar que essas iniciativas partam, com a radicalidade que se impõe, dos mais importantes líderes mundiais. Não espontaneamente; não em um momento em que o presidente do país mais industrializado desse planeta agonizante trata o aquecimento global como “fake news”:

“Dado que a maioria dos líderes políticos é sensível à pressão, os cientistas, os formadores de opinião nas mídias e os cidadãos em geral devem insistir para que seus governos tomem medidas imediatas, como um imperativo moral em relação às gerações atuais e futuras da vida humana e de outras espécies.  Com uma vaga de esforços organizados e popularmente embasados, é possível vencer oposições obstinadas e obrigar os líderes políticos a fazer o que é certo. Também é hora de reexaminar e mudar nossos comportamentos individuais, incluindo a limitação de nossa própria reprodução (idealmente, o nível de reposição no máximo) e diminuir drasticamente nosso consumo per capita de combustíveis fósseis, de carne e de outros recursos”.

Cuidado com a próxima eleição, caro leitor!


No atual momento político em que prosseguimos metidos, não estranha a bizarrice de assistirmos a pessoas situadas nos mais altos postos da administração pública sem qualquer expertise para essa função. Uma leitura no curriculum de alguns desses próceres mostra que ainda estamos muito longe de um modelo ideal de gestão do Estado. Pior, continuamos a andar em círculos, repetindo erros e atrasando nosso encontro com a modernidade.

Municípios no fundo do poço.

O inferno da crise econômica brasileira tem derrubado vertiginosamente a aprovação de prefeitos em todo tipo de município. No vermelho, as prefeituras têm sido obrigadas a diminuir investimentos, contingenciar serviços públicos e, em última instância, cortar na carne, demitindo funcionários, a maioria, vale ressaltar, apadrinhados do prefeito da vez. Se tem uma coisa que deixa prefeito maluco é ter que demitir; sobretudo nas cidades pequenas, onde a maioria dos eleitores trabalha na prefeitura. É perda de voto na certa!

WhatsApp testa função que proíbe membros de mandarem mensagens no grupo.

Parece que a próxima missão do WhatsApp é melhorar a experiência de usuários em grupos. E se você odeia a quantidade de mensagens que recebe em grupos que participa, uma das novidades pode te agradar: o mensageiro está testando uma função que proíbe membros de mandarem mensagens em grupos.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Projeto do deputado Wellington implantado pelo Governo já tirou mais de 7 mil maranhenses do analfabetismo.


“Sim, eu posso!”.  Esse foi o projeto encaminhado pelo deputado estadual Wellington do Curso (PP), por meio da Indicação 777/2015, solicitando que o Governador implantasse o programa que visa combater o analfabetismo no Maranhão. A proposta foi aceita pelo Governo do estado ainda em 2015 e já resulta em mais de 7 mil maranhenses alfabetizados.
Ao fazer referência ao dia da alfabetização, celebrado na última terça-feira, 14, o deputado Wellington destacou o importante papel da educação.
“A educação é o único meio capaz de transformar sonhos em realidade. É com muita alegria que destacamos que mais de 7 mil maranhenses já saíram do analfabetismo graças ao Programa ‘Sim, eu posso!’. Projeto nosso que foi encaminhado em 2015, logo no início do nosso mandato. Ao apresentarmos essa solicitação, em 2015, o nosso objetivo foi (e é) combater o analfabetismo no Maranhão, tendo em vista os inúmeros casos de jovens, adultos e idosos analfabetos. O passo inicial já foi dado. Agora, precisamos ampliar o Programa, a fim de que o número de pessoas contempladas seja cada vez maior. Acreditamos que o desenvolvimento de um estado está intimamente relacionado ao desenvolvimento de seu povo. E tal desenvolvimento só será plenamente possível quando a educação alcançar os mais humildes e o conhecimento for bem comum entre ricos e pobres. ”, disse o professor e deputado Wellington.

Da Assessoria

seta

seta

CONTATO DO BLOG:Folha de Cuxá

josinaldosmille@hotmail.com

colunaemfolhadecucha@gmail.com

Telefones:(99)98157-6879 //(99)-99175 - 2799

BLOGOSFERA