palavra viva

“LEVANTAI OS OLHOS E OBSERVAI AS ALTURAS: QUEM CRIOU TUDO ISSO? FOI AQUELE QUE COLOCA EM MARCHA CADA ESTRELA DO SEU INCONTÁVEL EXÉRCITO CELESTIAL, E A TODAS CHAMA PELO NOME” (ISAÍAS 40:26)

O SIGNIFICADO DA VIDA

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Polícia Civil cumpre mandado de prisão em Açailândia.





A Polícia Civil comandada pelo DELEGADO REGIONAL MURILO LAPENDA através da equipe de investigadores: WALLACE, FRASÃO E PAULO BIGODE prenderam, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, na manhã desta terça-feira, 26 de setembro/2017, em Açailândia, ANTÔNIO SILVA COSTA 28 ANOS (PEDREIRO), acusado do crime de ameaça no âmbito da violência doméstica e familiar.
O titular da 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Açailândia, DELEGADO MURILO LAPENDA, explica que a ordem de prisão foi expedida pela Justiça em decorrência de registro de ameaça feito pela vítima na Polícia Civil do município. O Delegado Regional aproveitou para dar boas notícias para a população Açailandense, existe uma promessa da CÚPULA DA POLÍCIA CIVIL DO MARANHÃO de uma vinda de 2 duas equipes de policiais civis para atuar nos processos atrasados, em decorrência da falta de delegados.
Essas duas equipes, cada uma composta por um 01 DELEGADO, 01 ESCRIVÃO E DOIS 02 INVESTIGADORES passariam um mês no município. E vai ser um período totalmente direcionado a tramitação e agilização de inquéritos que continuam parados, e há também a previsão da vinda de uma DELEGADA DA MULHER para permanecer em Açailândia. Dr. Murilo reforçou que está respondendo interinamente pela delegacia da mulher, em suas palavras disse que é uma delegacia que tem que ter muito cuidado e carinho ao lidar com as vítimas, ter atenção também, e não pode deixar de dar andamento, tanto nos inquéritos, como nos pedidos de prisão que são realizados.
Com base na ocorrência registrada, o que configura crime de violência doméstica e familiar, previsto na Lei Maria da Penha, houve representação na Justiça pela custódia preventiva do acusado. Ele viveu maritalmente com a VÍTIMA, passou um tempo fora da cidade e depois retornou para o município, e nesta volta forçou uma coabitação com a ex-mulher contra a vontade da mesma, que diante da situação procurou a delegacia e fez a denúncia, além das agressões que ela sofria e ameaças, e a partir daí o PODER JUDICIÁRIO requisitou a prisão preventiva do homem, e a equipe policial fez o cumprimento do MANDADO DE PRISÃO HOJE.

Blog Folha de Cuxá / PROGRAMA SBT CIDADE – CANAL 08 

“A máquina que trataria o esgoto nunca nem funcionou", denuncia deputado Wellington ao fiscalizar ETE Vinhais.



Na manhã desta segunda-feira (25), o deputado estadual Wellington do Curso (PP) realizou visita de inspeção à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Vinhais.  A visita foi acompanhada pelos diretores da Caema, João José e Afonso Alencar e teve por objetivo fiscalizar a Estação, diante das inúmeras denúncias recebidas pelos parlamentares.
“Desde o dia 06 de agosto de 2016, que foi quando eles inauguraram isso aqui, o nosso sossego acabou. Todo dia é esse odor. Nossas casas foram desvalorizadas. O barulho é insuportável e, além disso, nem o esgoto é tratado porque a gente sabe que eles jogam tudo direto nas praias. Façam alguma coisa!”, desabafou Raimunda Nonata, morada há mais de 13 anos do Vinhais.
Durante a visita, o deputado Wellington constatou algumas irregularidades, a exemplo de uma máquina responsável por desinfectar o esgoto que está no local, mas nunca funcionou.
“De acordo com as informações aqui obtidas, a máquina que trataria o esgoto está no local, mas nunca nem funcionou. É o ozonizador, máquina responsável por ‘desinfectar’ o esgoto.  Essa situação é a mesma nas outras ETE's, tanto do Jaracaty quanto Bacanga. Como consequência, o esgoto, embora passe por todo o processo, não sairá 100% tratado. Quem fala isso não sou eu. É quem faz os serviços e reconhece que ao invés de tratar o esgoto em sua plenitude só o faz em 80%, ou seja, 20% ainda sairá contaminado. Como consequência, temos aí as nossas praias poluídas. Estaremos adotando as devidas providências na Assembleia junto ao Governo do Estado e Ministério Público para que os responsáveis sejam identificados e, assim, reparem os danos até então já causados", disse Wellington.
Como encaminhamentos da visita, há a solicitação das análises diárias do tratamento da água nas estações e, ainda, a disponibilização dos laudos que atestam a qualidade de esgoto que chega e sai das ETE.

Da Assessoria

“Mais experiência”: Base governista usará 'a mesma estratégia (da primeira), mas agora com mais experiência', para derrubar a segunda denúncia contra Temer, segundo Darcísio Perondi.


Um dos líderes da tropa de choque do presidente Michel Temer, ao lado dos deputados Carlos Marun (PMDB-MS) e Beto Mansur (PRB-SP), e cotado para o Ministério da Saúde em 2018, o deputado federal Darcísio Perondi (PMDB-RS) afirma à Coluna que a base governista usará “a mesma estratégia (da primeira), mas agora com mais experiência”, para derrubar a segunda denúncia contra o presidente na Câmara. Na primeira, houve liberação de mais de R$ 2 bilhões em emendas parlamentares.

TENSÃO: Coreia do Norte teria mobilizado aviões contra EUA.


Decisão teria sido tomada após o governo americano ter enviado caças e bombardeiros para a região da costa leste de Pyongyang.

Uma fonte da Inteligência da Coreia do Sul afirmou que o regime norte-coreano mobilizou aviões e também vem reforçando as defesas em sua costa leste para reagir aos EUA. A decisão teria sido tomada após o governo americano ter enviado no último sábado, 23, caças e bombardeios para a região. De acordo com o Pentágono, a operação dos aviões americanos no último sábado foi a que mais se aproximou do território norte-coreano até agora neste século. Os serviços de inteligência da Coreia do Sul informaram que o Exército de Pyongyang teria sido incapaz de detectar os aviões perto da sua costa por um possível erro no seu sistema de radares. O envio de caças e bombardeios para a região da costa leste da Coreia do Norte ocorreu após novas trocas de provocações entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un.

Excesso de velocidade lidera ranking das infrações mais cometidas em 2017

Somente este ano, já foram registradas mais de 13 milhões de infrações por excesso de velocidade nas vias e estradas do Brasil. Em todo o ano de 2016, foram 14,9 milhões de multas aplicadas por esse mesmo motivo. Entre 2010 e 2017, as infrações relacionadas ao excesso de velocidade lideraram o ranking das mais cometidas por motoristas brasileiros. Outras infrações que estão entre as dez mais cometidas até agosto deste ano estão: dirigir sem cinto de segurança (infração grave, com 284 mil ocorrências); avançar no sinal vermelho (infração gravíssima, com 197 mil ocorrências); e estacionar em local não permitido (infração leve, com 130 mil ocorrências).

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Sebrae entrega Inventário Turístico de Imperatriz

O documento foi entregue pelo diretor superintendente do Sebrae, João Martins, ao secretário de Desenvolvimento Econômico de Imperatriz, Eduardo Sousa em solenidade que contou com a presença do secretário adjunto de turismo do Estado, Hugo Veiga.

Documento vai subsidiar ações do poder público para promover o turismo no município que, agora, assume-se definitivamente como porta de entrada da Chapada das Mesas.

Durante o 1º Seminário de Vendas da Chapada das Mesas, realizado na última semana, o Sebrae entregou o Inventário Turístico de Imperatriz ao poder público municipal. O evento integrou a programação paralela do Salão do Empreendedor, que o Sebrae realiza até este sábado, 16, durante a 17ª Feira do Comércio e Indústria de Imperatriz – Fecoimp.

O Inventário Turístico é um documento de extrema importância para o planejamento de ações e tomadas de decisão do poder municipal, principalmente no que diz respeito ao desenvolvimento da economia local. No caso de Imperatriz, o inventário foi solicitado ao Sebrae pelo prefeito Francisco de Assis Ramos que dialogou com a instituição para parcerias na área de empreendedorismo e Política Públicas.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Imperatriz, Eduardo Sousa, que representou o prefeito no evento, destacou que “o poder público municipal já começou a criar os aparatos legais que darão suporte às ações de fomento, crescimento e fortalecimento da atividade turística para que o município se una aos demais que integram a Chapada das Mesas, estabelecendo uma cadeia produtiva voltada a desenvolver o turismo em âmbito regional”.

O diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, ressaltou que está muito satisfeito ao ver que, alguns meses após a conversa com o prefeito Assis Ramos, muitas providências foram e estão sendo tomadas para que a promoção do turismo seja uma realidade e a economia de Imperatriz passe a ser impactada pelo setor.

“Assumimos a responsabilidade de discutir o turismo ombro a ombro com toda a região sul do estado – poder público, iniciativa privada e comunidade para trabalharmos de maneira conjunta e estratégica. Propomos desde já uma atualização na oferta do produto Chapada das Mesas, bem como inovação nas ações de promoção do destino para competirmos em pé de igualdade com destinos d outras regiões do país”, apontou Martins.

Além de Eduardo Sousa e João Martins, estiveram presentes ao Seminário o secretário adjunto de Turismo do Estado, Hugo Veiga; o secretário municipal de Turismo de Carolina, Leonardus Borges; o secretário de Riachão, Beto Kelner; o presidente da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, Hélio Araújo e o diretor Luís Santos, além de empresários do destino Chapada das Mesas, principalmente de Imperatriz, Carolina e Riachão e analistas do Sebrae.

Aproximação
O Seminário de Vendas acontece num momento bem propício, quando o município de Imperatriz, por meio do poder público, se assume como porta de entrada da Chapada das Mesas e começa a buscar articulações institucionais para fomentar ações estratégicas de desenvolvimento do turismo regional. De acordo com o gerente regional do Sebrae em Balsas, Maurício Leite, a proposta do Seminário foi justamente a de aproximar os empresários de Carolina e Riachão do trade de Imperatriz com o fim de construírem parcerias estratégicas e realizarem negócios futuros.

“No geral, vimos como extremamente válida essa ação que aproximou os elos do destino.
Tivemos a participação de 12 empresários de Carolina e Riachão que apresentaram suas empresas, os equipamentos turísticos existentes e atrativos dos municípios às agências e receptivos de Imperatriz, tendo a oportunidade de dialogar diretamente com quem poderá vender os pacotes turísticos para a Chapada das Mesas e aproximando mais os elos do destino”, destacou o gerente.


BOX:

Reunião com poder público
Na tarde do mesmo dia, o Sebrae e a Associação Comercial e Industrial de Imperatriz organizaram uma reunião com o poder público da Chapada das Mesas, precisamente os secretários de turismo dos municípios do destino, para discutir os desafios da integração do polo turístico, considerando os municípios que foram incorporados no novo mapa de regionalização do Estado do Maranhão.  

Na reunião, foram alinhados futuros encontros para elaboração de ações conjuntas de crescimento dos municípios de Fortaleza dos Nogueiras, Montes altos, Imperatriz, Estreito, Carolina, Balsas, Riachão, Tasso Fragoso, Formosa da Serra Negra e Itinga do Maranhão, que integram a Chapada das Mesas.

Luis Santos, empresário e diretor de Turismo da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, afirmou que a reunião foi importante para que gerasse um debate e trocas de informações entre os polos, para que, depois, juntos possam promover de forma integrada o Polo Chapada das Mesas. ‘’Precisamos gerar negócios entre os municípios e este encontro com os gestores públicos foi importante para darmos passos significativos para o crescimento da nossa região’’, complementou.

O Sebrae, por ter uma atuação de mais de uma década no território, contribuiu consideravelmente com suas ações para implementar uma forte e atuante governança empresarial no destino. “Esta reunião não seria possível se não tivéssemos essa parceria próxima com os empresários que, na verdade, são os grandes agentes da Chapada das Mesas, tomando para si a responsabilidade de promover esse belo destino de aventura que temos no sul do Maranhão”, ressaltou Maurício Leite, gerente regional da instituição em Balsas.

A reunião contou com a presença dos secretários de turismo dos municípios de Tasso Fragoso, Fortaleza dos Nogueiras, Riachão e Carolina, além do secretário de Desenvolvimento Econômico de Imperatriz, Eduardo Soares e do secretário adjunto de Turismo do Estado, Hugo Veiga.

Açailândia é movimentada pela realização de Concurso Público.


A cidade de Açailândia ficou bastante movimentada no último domingo,24, por conta da realização do concurso público para o preenchimento de vagas e formação de cadastro reserva para a prefeitura de Açailândia, realizado pela Fundação Sousândrade, empresa de renome e credibilidade nacional, responsável pela administração do concurso.
As provas foram realizadas simultaneamente em 26 escolas das redes estadual, municipal e particular, escolhidas criteriosamente para atender e dar comodidade a grande demanda de pessoas inscritas. De acordo com a coordenação do concurso, no geral, 12.049 candidatos se habilitaram a participar do certame e dentre estes, 10,03%, não compareceram para fazer a prova.
Os candidatos de nível superior concorrem às vagas para Médico em diversas especialidades, Nutricionista, Psicólogo, Revisor de Braille, Professor em diversas áreas, além de outras funções para os candidatos de ensino médio que concorrem para auxiliar de enfermagem, outros cargos e professor de Educação Infantil.
De acordo com Emílio Ramos, gerente técnico de concursos da Fundação Sousândrade, o gabarito deve ser liberado ainda hoje, 25/09/2017, através do site da fundação. A publicação do resultado final será feita até 20/11/2017.
O prazo de validade deste Concurso Público será de 2 (dois) anos, contado a partir da publicação oficial da homologação do Resultado Final após fase recursal, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Prefeitura Municipal de Açailândia.
Ainda de acordo com Emílio Ramos, por conta da grande quantidade de pessoas inscritas, este ano as provas tiveram que ser realizadas em dois turnos, sendo que para os candidatos de nível superior, as provas foram realizadas pela manhã, às 08h00, em ponto com término às 12h00.
Já para os candidatos que concorrem às vagas de nível médio, estes prestaram o exame no período da tarde, exatamente às 14h00, com enceramento às 18h00. Todos os inscritos tiveram que chegar uma (01) hora antes do horário de início da prova para evitar qualquer contratempo.
Para o gerente do concurso em Açailândia, tudo ocorreu dentro da maior normalidade, não sendo registrado nenhum incidente ou mesmo indícios de fraude nos diversos locais de provas. “Para este concurso, foi providenciado um grande aparato de segurança. As provas chegaram em envelope lacrados à vista de fiscais e homens da polícia militar, as provas iniciaram no horário normal e tudo transcorreu com total transparências e muita segurança”, finaliza Emílio Ramos.
ASCOM-PMA – Por Antônio Maria

Produtores querem criação de Câmara Setorial de Aquicultura e Pesca

O diretor superintendente do Sebrae no estado, João Martins, garantiu apoio técnico aos piscicultores e articulação junto ao governo para a criação da instância consultiva.

Celso Zamignan, presidente da Coopsulma, destacou que a Câmara Técnica Setorial da atividade é uma necessidade para os piscicultores maranhenses.


Piscicultores reivindicam criação de Câmara Setorial de Aquicultura e Pesca
Durante a Semana do Peixe, produtores do centro sul maranhense conversaram com o Sebrae e apontaram a necessidade de terem um fórum para a discussão da atividade no estado.  
Piscicultores do centro sul maranhense resolveram procurar o Sebrae para ajudá-los a articular e criar a Câmara Técnica Setorial de Aquicultura e Pesca do Maranhão, uma instância consultiva para discutir assuntos referente à atividade, propondo ações de desenvolvimento de toda a cadeia produtiva. A reunião aconteceu na 14ª Semana Nacional do Peixe, promovida de 1º a 15 deste mês pelo Ministério da Agricultura com o objetivo de estimular o consumo e ampliar o conhecimento da produção de peixe no país.   Atento à necessidade dos piscicultores e vendo como salutar a união dos mesmos em benefício do fortalecimento da atividade econômica no estado, o Sebrae reuniu-se com eles  durante o Salão do Empreendedor, evento da instituição realizado dentro da programação da 17ª Feira do Comércio e da Indústria de Imperatriz – Fecoimp.  O encontro foi organizado pela regional do Sebrae em Balsas e contou com a participação do diretor superintendente da instituição no estado, João Martins e do presidente da Cooperativa dos Piscicultores do Sul do Maranhão (Coopsulma), Celso Zamignan.   Na pauta, as discussões giraram em torno dos benefícios e da força que a Câmara Técnica Setorial proporcionará para o desenvolvimento da piscicultura em todo o estado. Durante a reunião, foi formada uma comissão provisória para estudar a legislação e buscar apoio das cooperativas de aquicultura e pesca do estado. Ainda foi definido que dia 06 de outubro será realizada uma reunião na sede do Sebrae em São Luís para apresentar os resultados das demandas e fundamentar a conclusão da criação da Câmara Técnica Setorial.    O presidente da Coopsulma destacou o interesse da cooperativa ao apoiar a criação da Câmara Técnica Setorial de Piscicultura do Maranhão, assim como acredita que a instância muito contribuirá para o desenvolvimento da atividade no estado. “Este é o primeiro de alguns debates que irão ocorrer para a criação desta Câmara Setorial. O nosso objetivo é fortalecer os piscicultores e discutir problemas que temos em comum em todo o estado, tais como poços e leis ambientais. A criação desta Câmara Setorial vai beneficiar todos os piscicultores do Maranhão e não somente de uma região isolada”, informa Celso Zamignan.   Os piscicultores, que querem o Sebrae envolvido no processo de criação da instância consultiva do setor, ouviram do diretor superintendente da instituição que é importante entender primeiramente como funciona uma Câmara Setorial e quais os caminhos que devem ser percorridos até a sua concretização.    “A participação do Sebrae nesse processo de construção da Câmara Técnica Setorial é de orientador. Vamos orientá-los na formatação da instância consultiva, um espaço onde as forças produtivas do estado na área de piscicultura estarão trabalhando em conjunto para discutir, formular e interagir com o governo do estado. Da mesma forma, conversaremos com o poder público federal, no sentido de buscar soluções e parcerias para o desenvolvimento da atividade econômica no estado”, ressaltou Martins.   O executivo informou que o Sebrae executa projetos de atendimento a produtores de peixe nos municípios de Balsas, Grajaú, Pinheiro, Santa Inês e São Luís.  “No total, mais de 30 municípios são beneficiados pelas ações executadas, tanto as voltadas para a capacitação dos piscicultores quanto para a produção e comercialização do peixe”, disse.   Representando a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Maranhão (Sagrima) na reunião, José Pereira, informou que uma Câmara Técnica Setorial de Piscicultura aproxima os produtores ao governo e, por meio dela, os produtores de diversas regiões do estado terão a oportunidade de serem ouvidos.   “A Sagrima acredita que é de extrema importância a criação desta Câmara Setorial. Ela é o espaço propício para os piscicultores discutirem suas demandas, levando-as ao conhecimento do governo para que, juntos com todos os parceiros, as soluções para o setor sejam encontradas. O Sebrae é de extrema importância nesse processo de implantação da Câmara Setorial e para o desenvolvimento da atividade no estado”, aponta Pereira.  Reestruturação No final de agosto, em São Luís, o presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp-MA), Júlio César Mendonça, esteve reunido com o diretor superintendente do Sebrae, João Martins, para tratativas sobre a reestruturação das Câmaras Técnicas Setoriais no estado, a começar pela de Ovinocaprinocultura.   “Quando o Governo do Estado criou as Câmaras Técnicas Setoriais, há alguns anos, o Sebrae participou da implantação de três delas diretamente – a da Cadeia Produtiva do Leite, de Ovinocaprinocultura e a de Horticultura. Temos, portanto, experiência, além do diálogo aberto com o poder público estadual, para que possamos ajudar e apoiar os produtores de peixe na implantação da Câmara Técnica Setorial de Piscicultura do Maranhão. O Sebrae se colocou à disposição dos piscicultores para contribuir no que for possível, dentro de nossa expertise institucional”, ressaltou Martins, destacando que já vai conversar com o presidente da Agerp, Júlio César Mendonça sobre o que foi discutido na reunião em Imperatriz. “Temos certeza que essa reivindicação dos piscicultores será atendida, porque a atividade já se tornou bastante relevante economicamente, quando se trata de agricultura familiar no Maranhão”, sinalizou o diretor superintendente do Sebrae estadual.    Mais informações:Assessoria de Imprensa do Sebrae no Maranhão (98) 3216-6133   Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800 Facebook.com/sebraema Youtube/umcsebraema Twitter: @Sebrae_Ma Instagram: @SebraeMaranhao

CHINA: China quer acabar com carros movidos a combustíveis fósseis.


O governo da China está desenvolvendo um plano para eliminar a circulação e produção de carros movidos a combustíveis fósseis no país.

“Um momento decisivo para a indústria automobilística.” Este foi o comentário de analistas da empresa de pesquisa Sanford C. Bernstein, ao ouvirem a notícia que o governo da China quer proibir a produção de carros movidos a gasolina. Em 9 de setembro, Xin Guobin, vice-ministro da Indústria e Tecnologia da Informação, disse em uma conferência automotiva em Tianjin, uma cidade industrial perto de Pequim, que o governo está desenvolvendo um plano de longo prazo para eliminar os veículos movidos a combustíveis fósseis.
A notícia teve um grande impacto entre os fabricantes de automóveis, para os quais a China é o maior mercado consumidor do mundo. William Russo, da empresa de consultoria China’s Gao Feng Advisory, um antigo executivo sênior da Chrysler, disse que a indústria automobilística tem de se adaptar o mais rápido possível às exigências do governo chinês.
O vice-ministro Guobin não fez uma previsão de prazo para o início da proibição. A China tem metas ambiciosas de médio prazo para aumentar a eficiência da indústria automobilística e combater as mudanças climáticas, entre as quais a definição de um limite das emissões de CO2 até 2030. Não está claro se a proibição incluirá apenas carros a gasolina ou os veículos híbridos movidos a gasolina e com motores elétricos.
O anúncio do governo chinês foi divulgado pouco antes da abertura do Salão do Automóvel de Frankfurt. Muitos participantes ficaram céticos diante da notícia. Apesar das discussões referentes à proibição de carros a gasolina e a diesel no Reino Unido e na França até 2040, nenhum país aprovou uma lei regulamentando a proibição, disseram os representantes da indústria automobilística presentes ao evento. Outros viram uma oportunidade de expansão de mercado. Thierry Bolloré, diretor técnico da Renault, disse que a empresa está preparada para produzir veículos elétricos na China.

Mas o governo chinês incentivou a fabricação de carros elétricos no país. O fabricante de automóveis BYD aperfeiçoou a qualidade de seus carros elétricos e baterias, e está investindo no mercado externo. Uma nova geração de empresas inovadoras, como ThunderPower e Nio fazem sucesso em salões de automóveis. Com a proibição de carros movidos a combustíveis fósseis e o estímulo à produção de veículos elétricos, a China passaria de uma das maiores emissoras de gases de efeito estufa a defensora do combate às mudanças climáticas.

Em dois anos, partidos em formação duplicam no Brasil: 68 legendas buscam assinaturas

Juntos, eles são 68. Já têm nome, sigla e estatuto. Alguns têm até hino. Mas, apesar de tudo isso, ainda são partidos em formação. Para cada um deles ser uma legenda com direito a lançar candidatos e a receber uma fatia do Fundo Partidário, que, no ano passado, atingiu R$ 819 milhões, é preciso apresentar quase meio milhão de assinaturas que devem ser coletadas em pelo menos nove Estados – e de quem não é filiado a nenhuma sigla. Na lista, tem sigla para todo o tipo de causa. Tem o dos Animais, o Militar, o Frente Favela Brasil, o Nacional Indígena, o da Família Brasileira e até o Movimento Cidadão Comum. Seis deles carregam a palavra “cristão” no nome.

domingo, 24 de setembro de 2017

Alerta no QG: Comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, não esconde o desconforto causado pelo general Antonio Hamilton Mourão.


Embora publicamente tente não alimentar a polêmica causada pelo boquirroto general Antonio Hamilton Mourão, o comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, não esconde, entre os próximos, o desconforto causado pelo subordinado durante palestra para uma entusiasmada claque maçônica. Como fizera em outubro de 2015, Villas Bôas não descarta transferir o general defensor da intervenção militar. O destino seria algum comando do Exército na região Norte. À época, Mourão foi demitido do Comando Militar do Sul e alojado na Secretaria de Economia e Finanças da Força, em Brasília.
Reprise

A queda de Mourão no Sul se deu após palestra antes da abertura do impeachment de Dilma Rousseff, na qual o general falou em “despertar de uma luta patriótica”.

Temer libera R$ 1,02 bilhão para parlamentares

Mal a segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República chegou à Câmara e Michel Temer já reabriu os cofres. Mandou ladrilhar, com o patrocínio do déficit público, a trilha que leva ao funeral das novas acusações. O custo inicial do enterro será de R$ 1,02 bilhão. O dinheiro será usado para pagar emendas que os parlamentares enfiaram dentro do Orçamento da União.

seta

seta

CONTATO DO BLOG:Folha de Cuxá

josinaldosmille@hotmail.com

colunaemfolhadecucha@gmail.com

Telefones:(99)98157-6879 //(99)-99175 - 2799

BLOGOSFERA